Skip to content

Frank Capra, Natal e presentes: o que eles têm para nos ensinar?

23/12/2012

Natal é sinônimo de muita coisa: paz, amor, confraternização, caridade, família, luzes, ceia e, claro, presentes. Quem não gosta de ser presenteado e até mesmo presentear uma pessoa querida? Isso é gostoso e faz parte do mundo que nos ‘motiva’ cada vez mais a consumir, não é?

Não criticando nem bancando a falsa moralista, até porque quem me conhece sabe que sou BEM consumista, mas já parou para pensar quais são os verdadeiros presentes que uma pessoa pode ter?

Não são aqueles que o dinheiro compra, embrulha e dá satisfação por algum determinado tempo. Os mais sinceros e raros tesouros na vida de qualquer um ter são as pessoas que te ama sem pedir nada em troca. Aquelas que te querem bem e fazem de tudo para te verem feliz.

É cada vez mais raro encontrar e ter pessoas como essas ao nosso lado. As que lutam, enfrentam, choram, dão risada, falam verdades ou simplesmente nos abraçam e nos roubam um sorriso quando precisamos.  Sim, meu amigo, se você tem alguém assim por perto, agarre e tenha plena consciência que você é um afortunado.

Aliás, um filme que passa melhor do que eu essa mesma mensagem que quero deixar é o ‘It’s a Wonderful  Life’ (A Felicidade Não se Compra, em português),  eleito  pelos críticos como  o melhor filme de Natal.

O clássico, de 1946, do diretor Frank Capra tem um enredo e cenas que estão longe de serem as mais complexas. Tudo é simples! E, talvez essa simplicidade que reforça a sua beleza e maestria.

Resumidamente, o filme mostra o desespero de George Bailey (James Stewart), um falido e fracassado pai de família que tenta tirar a própria vida após não ver mais saída com a situação.  Sua tentativa é fracassada com a intromissão de um anjo que o mostra, através de flashbacks, como seria se ele (George) nunca tivesse existido. O que o jovem vê é inesperado, triste, comovente e encantador, já que a vida das pessoas que estão à sua volta também muda completamente com a sua possível não existência.

Com esse recado de que na vida não importa o que, mas sim quem você tem, ‘A Felicidade Não se Compra’ torna-se atemporal e dá um tapa na cara de qualquer um, mostrando que, ainda que de maneira simplória, tudo se ajeita, principalmente quando temos pessoas que nos amam e nos ajudam a enfrentar as situações mais difíceis. Até porque, é muito mais fácil vencer quando não estamos sozinhos.

Se você ainda não assistiu, assista! Posso dizer, sem exageros, que é o meu filme preferido e com certeza vai te fazer pensar e refletir sobre a beleza da vida, além de abrir seus olhos para que reconheça e valorize seus presentes mais valiosos. Abaixo, para dar um incentivo, veja o trailer desse belíssimo filme.

É com esse recado que desejo um Feliz Natal. Espero que você possa abraçar e estar ao lado de todas as sua preciosidades de carne e osso.

Um beijo!

No comments yet

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s

%d bloggers like this: