Skip to content

Em 2013 eu…

26/12/2013

Não sei se foi porque eu fiz mil e uma coisas ou o tempo que passou rápido mesmo, mas, sem dúvidas, 2013 foi o ano que mais voou. Ele mal deu oi e já está saindo de fininho.
Acho que aquele ditado que diz que, depois dos 18 anos, os dias passam na velocidade da luz, cada vez mais se comprova como verdadeiro. Se continuar assim, tenho medo dos próximos anos que virão.
2013 foi um ano rápido. Isso não há como negar. Foi um ciclo confuso e pesado para muita gente. Muita coisa aconteceu, acho que como característica própria do ano: rápido demais.
Mas, independente disso, se tem uma palavra que classificaria este ano pra mim, ela seria ‘ACONTECER’! Em 2013 eu fiz muita coisa sair do papel e da minha lista de desejos e vontades. Eu realmente fiz acontecer! Desde projetos até vontades bobas.
Todo final de ano, eu e minha família escrevemos em papeis objetivos que cada um quer realizar e colocamos todos eles em uma caixa, que abrimos sempre no último dia do ano. E, para a minha felicidade, dia 31 de dezembro, quando abrir a caixa, sei que 95% do que escrevi nos papeis, há quase 365 dias, eu fiz acontecer. Lá estavam planos simples, que bastavam vergonha na cara, como iniciar uma atividade física, até coisas que necessitavam superação interior, como dar mais a cara para bater sem ter medo do que os outros iam pensar. E eu ME superei, fui atrás, lutei, me surpreendi e sim, FIZ ACONTECER.
Em 2013 eu viajei, cantei, dancei, beijei, amei, me joguei.
Trabalhei que nem doida e me realizei profissionalmente em diversos momentos. Errei. Me frustrei. Levei meu primeiro e único porre na vida (e ainda continuo achando a coisa mais deselegante do mundo, mas valeu a experiência).
Dei um passo à frente na minha carreira (aprovação para iniciar a pós).
Chorei. Me machuquei. Magoei pessoas. Aprendi.
Soltei o verbo. Me arrependi. Pedi desculpas. Aprendi a perdoar.
Me surpreendi ao descobrir a minha capacidade de analisar e esperar o tempo certo para agir.
Consegui controlar um pouco a ansiedade, mas sei que para vencê-la ainda preciso de muito treinamento (risos).
Encontrei. Me perdi, mas me redescobri.
Conheci pessoas novas. Pude conhecer melhor outras que não conhecia tão bem assim.
Deixei o novo chegar de vez. Permiti que o velho tivesse uma nova chance.
Superei. Voltei atrás. Disse muito não, mas cedi também alguns sim.
Quis esquecer enquanto lembrava. Esqueci quando deveria lembrar.
Fui mais tolerante, mas não deixei te ser aquela pessoa que sempre soube o que quer e não fica em cima do muro.
Fui decepcionada. Sei que decepcionei também.
Dei chance à muita coisa e pessoas que eu não permitia entrar na minha vida. Algumas eu vi que eu estava perdendo em não tê-las deixado chegar antes. Outras só confirmei que fazia o certo em não querer.
Li, mas li muito mesmo. E de tudo. Desde bobagens até coisas que me fizeram ver o mundo com outros olhos.
Abri a mente. Mudei de opinião. E algumas delas só comprovaram que seguiam meus princípios e modo de pensar.
Pude sentir na pele o medo de perder. E isso serviu para valorizar ainda mais aquilo que mais importa: as pessoas que se importam comigo.
Infelizmente tive que dizer ‘adeus’, quando na verdade queria dizer ‘fica’.
Aprendi um pouco melhor da importância de sermos mais flexíveis. A gente nunca sabe o real motivo que leva uma pessoa agir assim ou assado.
Desencanei. Encanei, mas no fim, sempre consegui deitar minha cabeça no travesseiro com a consciência limpa.
Fiz besteiras. Fiz muita coisa certa.
Fui ridícula. Fui amiga.
Aprendi a gostar de comer comida japonesa.
Aprendi também a cantar pagode e sertanejo.
Deixei meus ouvidos prestarem atenção às opiniões e ideias que vão contra às minhas.
Reforcei o que já sabia. Aprendi o que nem imaginava que existia.
Me aproximei. Me distanciei. Senti saudades. Deixei partir. Fui atrás. Deixei voltar.
Disse adeus, definitivamente, para muita coisa, principalmente para tudo aquilo que me fazia mal.
Ganhei. Venci. Mas também perdi.
Cresci, amadureci. Mas isso só mostra o quanto eu nunca vou saber tudo e o quanto a gente muda e cresce a cada dia, com cada erro e decepção e também com cada boa ação e passo que dá para frente.
Deixei o vento me guiar. Algumas vezes ele me levou onde precisava ir. Outras, me colocou em uma armadilha e conflitos internos.
Fui impulsiva. Mas confesso que me surpreendi com o quanto consegui deixar meus pés no chão.
Ajudei. Cedi a mão.
Fui além, mas em certos momentos dei apenas um passo.
Pude ver o quão pequeno o mundo é e que ele dá voltas e nos mostra que a gente colhe o que planta.
Me espiritualizei. Fui boazinha, mas também em muitos momentos tive que deixar a razão falar mais alto.
Me emocionei. Fiz emocionar.
Conheci pessoas maravilhosas. Deixei que me conhecessem melhor.
Fiz MUITA coisa, mas sei que tenho muito a fazer.
2013 foi um ano incrível para mim. Tive experiências que levarei para a vida toda e que contribuíram e muito para o meu amadurecimento.

A vida é uma escola. E cada vez vejo que precisamos aprender com tudo o que acontece. Na minha concepção, nada é por acaso. Tudo tem um motivo. Independente de ruim ou bom, o que precisamos é sempre ver o lado bom das coisas e aprender com elas para poder seguir em frente, mais maduros e mais serenos.
Só tenho a agradecer. À você que chegou, mas foi. À você que chegou e ficou. E à você que está há tempos, mesmo que esbarre por mim um momento ou outro. Agradeço também aos erros. Aos acertos. Aos amores e às decepções. Ao novo. Ao velho e a tudo que passou.
Minha história e o que sou hoje não teriam sentido sem isso tudo. 2013 vai embora e eu, feliz, digo: vem 2014, porque eu estou mais pronta que ontem!

No comments yet

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s

%d bloggers like this: