Saltar para o conteúdo

2017: o ano que decidi mudar!

30/12/2017

Sempre ouvi que, na vida de uma pessoa, há um ano divisor de águas. Aquele período marcado por ser responsável por finalizar etapas para que novas, na maioria das vezes, totalmente diferentes, se iniciem. Dizem que esse processo de transformação faz com que sua vida mude da água para o vinho. Pois bem, se existe um ano que encerrei capítulos para começar um novo livro, esse ano, sem dúvidas, é o de 2017.

Confesso que eu era uma pessoa que tinha medo de mudar. Toda vez que precisava iniciar algo totalmente novo e distinto do que estava habituada, criava mil teorias na minha cabeça, das quais me assustavam e me afastavam, cada vez mais, das mudanças que batiam à minha porta. E, para evitá-las, ia ficando ali, escondida na minha zona de conforto, até porque, quem, assim como eu, não acha (va ) que assegurar o emprego que te paga as contas todo mês é mais garantido do que jogar tudo para o alto e ir atrás de novos horizontes, sem saber se vai dar certo ou não?

Mas, o que seria de nós se não existissem as incertezas? São elas que nos abrem os olhos para analisarmos se não estamos mesmo na zona de conforto e são esses questionamentos que nos impulsionam a querer mudar.

Viajantes

E foram justamente as dúvidas, e as coisas que 2017 me trouxe, que decidi ir atrás de novos desafios, pessoais e profissionais; sair das asas dos meus pais; mudar de rotina; de vida e, finalmente, tomei a decisão que há anos adiava: decidi mudar de país. Sim, vou fazer o que sempre sonhei: respirar novos ares, explorar outras oportunidades e vou me permitir ter as melhores experiências que uma pessoa pode querer ter.

Mesmo dizendo tudo isso, abro meu coração ao dizer que, mudar não é tarefa fácil. É necessário muita coragem para deixar para trás coisas, histórias, legados e, também, pessoas. É preciso saber que sua vida seguirá outro rumo e, se você não se desapegar do que vai deixar, tende a não conseguir viver tudo que o novo vai querer te oferecer.

Mudar requer decisões pensadas e planejadas, mas também exige que você simplesmente vá! Agora, posso dizer que estou pronta e, se puder dar um conselho a você, que está na dúvida hoje, diria: pule, se jogue, permita-se e deixe a mudança chegar e entrar!

Anúncios
No comments yet

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão /  Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão /  Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão /  Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão /  Alterar )

Connecting to %s

%d bloggers like this: